Review: “Innocents” S07E02 – The Good Wife

Um episódio gostoso de assistir. Simples assim. E é impressionante como isso, em The Good Wife, rende.

Não me processem por causa dos spoilers a seguir.

Muitas séries se garantem colocando grandes conflitos e coisas terríveis a cada episódio, com ganchos que você não consegue imaginar a sua vida sem o episódio seguinte. Não tem problema nenhum nisso, mas The Good Wife costuma se garantir com outro esquema, que é o de fazer você terminar o episódio sorrindo pois passou os últimos quarenta e poucos minutos totalmente investido na vida daqueles personagens e se divertindo muito. E às vezes sofrendo muito também.

“Innocents” foi o exemplo perfeito de um episódio normal, com caso da semana fechadinho, que fez tudo o que precisava fazer e um pouco mais. A começar pelo caso interessante do filho que foi fotografado nu pela mãe quando era criança e passou a vida sendo perseguido por pedófilos e afins, com direito a participações de Johnny Simmons e Amy Irving como mãe e filho e o juiz Dunaway convertido ao islamismo.

O episódio serviu, basicamente, para mostrar Alicia começando a construir sua nova firma, trabalhando novamente ao lado de Lucca (mais uma vez um destaque do episódio), entrevistando investigadores (e ao que parece Robyn foi embora junto com Kalinda, o que é uma pena) e discutindo um salário para Grace. As entrevistas, aliás, trouxeram finalmente o personagem de Jeffrey Dean Morgan, Jason Crouse. Para a surpresa de 0 (zero) pessoas, o cara é um galanteador incrível e tanto Alicia quanto Grace ficaram com olhinhos brilhando pelo moço – e num ato muito Alicia, ela de imediato negou a vaga a ele, para depois, visto o fracasso de Amanda (a tentativa de Alicia de ter uma nova Kalinda), contratá-lo de uma maneira fofa. Já estou shippando sem medo de ser feliz.

12166607_10207816341149494_1439059316_n

Ao mesmo tempo, Eli moveu suas pecinhas (incluindo Alicia, que percebeu que estava sendo usada e embarcou porque viu os benefícios de ser assessorada por ele) contra Peter e Ruth de maneira bem astuciosa. A fala dele sobre pedir desculpas para depois destruir o inimigo foi incrível e eu espero ver essas vinganças (Eli x Peter, Alicia x o partido, etc) se concretizarem. Um destaque especial para Eli falando de It Follows e uma cena posterior com Nora explicando a Ruth do que se trata o filme.

Enquanto isso, aquela outra firma que eu nem sei mais o nome continua sendo o elo fraco da série. Cada vez mais fico com a sensação de que Cary está muito insatisfeito e que provavelmente vai tentar algo para mudar as coisas profundamente ali, ou sair. Ver Howard Lyman sair foi lindo, e o personagem foi tarde (embora eu ache que ele vai reaparecer de uma maneira ou de outra). Christine Baranski continua sendo sub-aproveitada. Isso é obviamente um resultado do maior erro da série até então, que foi reviver a Lockhart/Gardner, inclusive trazendo-os de volta aos mesmos escritórios e David Lee e Lyman e tudo o mais. Agora todos aqueles personagens foram levados de volta ao que já estamos cansados de ver durante mais de 4 temporadas.

Mesmo com isso, o episódio deixou uma sensação gostosa e muita vontade de ver o que vem a seguir.

Ponto alto: quase tudo no episódio funcionou muito bem, mas os destaques ficam com Jeffrey Dean Morgan derretendo o coração de qualquer pessoa viva e Alicia construindo uma nova firma.

Ponto fraco: mais uma vez, Diane, David Lee e Cary protagonizaram as partes menos interessantes do episódio, esse último sendo o único que se conecta com a trama principal e fico torcendo pra ele se livrar da firma de alguma maneira ou tomar o controle de vez.

Nota: “Innocents” – 9.5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s